Moreno Alto, Bonito e Sensual…

Capítulo 3 - Coisas da vida.

-Vc não vai sair daqui Bruno. Não sem me dar o meu presente de aniversário… Falei colocando os braços em volta do pescoço dele.

-Me solta garota!!

-Não Bruno, eu não vou te soltar…

-Maria de Fátima vc tem problema, é sério!! Agora sai da minha frente!! Ele tentava tirar meus braços dele.

-Problema? Então porque vc não me ajuda a resolver o maior deles hein? Falei sussurando na boca dele.

-Se toca garota… Vc é irritante!!

-Bruno… é só uma transa, fala o teu valor que eu pago, vc não pode me rejeitar, olha como eu sou linda e gostosa, vc vai me adorar!! Falei passando as mãos dele em meu corpo enquanto ele fechava os olhos tentando fugir de mim.

-Maria de Fátima eu não vou transar com vc. Aceite isso e me deixe ir!!

-Porque Bruno? Só porque eu não sou velha? Faz uma exceção pra mim. Vc tem que me atender, por favor!!

-Ai Meu Deus!! Não, não e não!! Já que vc não quer sair da minha frente por bem vai sair por mal mesmo. Ele tirou meus braços e os apertou com força me jogando em minha cama.

-Brunoooooo!!! Tentei gritar por ele.

Decidi me arrumar novamente e descer para a festa. Eu ia tentar ir atrás do Bruno de qualquer jeito. Desci e comecei a procurá-lo mas ao invés dele achei meus pais bêbados me puxando pra dançar. Enquanto eu dançava procurava Bruno agoniada até que o vi de papinho com uma das minhas amigas. -Ahhh mas ele não vai fazer isso na minha frente, mas não vai mesmo!!

-Ô Brunooo!!! Vem aqui comigo 1 minuto?

-O que foi agora garota?

-Vc não vai fazer isso comigo, não depois do beijo que vc me deu.

-Vc enlouqueceu de vez Maria de Fátima?

-Não.. Só tó te avisando que se vc fizer isso de novo vou anunciar pra todo mundo que vc não quis transar comigo só porque sou novinha e inexperiente!!

-Se vc abrir a boca pra isso vc nunca terá o meu perdão!!

-Eu não quero o seu perdão. Eu só quero transar com vc. Só isso..

Subi no palco e peguei o microfone tentando ameaçar ele. Mas quando tentei abrir a boca pra falar vi Bruno correndo em direção a porta de entrada. Desci do palco e corri atrás dele conseguindo vê-lo entrar no carro. Me joguei na frente gritando o nome dele…

-Brunooooooooo!!!

Ele saiu do carro e me tirou de cima. Aproveitei para agarrar o braço dele e ficarmos frente a frente novamente…

-Bruno por favor me faz mulher essa noite. Eu quero tanto que vc me ensine… Me enlacei no pescoço dele novamente.

-Para com isso menina!! Já te falei que não vai rolar nada entre a gente.

Larguei ele e fui me afastando ainda de frente dizendo…

-Um dia vc ainda vai se rastejar por mim Bruno! Anota isso!! Idiotaaa!!! Eu gritava apontando o dedo na cara dele andando lentamente até me virar voltando a entrar na casa sem olhar para trás.

_______________________________________

3 meses se passaram desde a festa daquela maluca e a minha vida seguia como sempre. Faculdade, baladas e os programas com as coroas. Eu sinceramente estava ficando entediado de tudo e em uma bela tarde me peguei pensando naquela maluquinha loira, mimada, me dizendo que não sabia namorar, até parece Maria de Fátima… Linda daquele jeito deve ter fila pra agarrar vc. Ai ai ai… tenho que tirar essa menina da minha cabeça e me concentrar nas aulas…

_______________________________________

As minhas aulas estavam ótimas, minha vida era festa noite e dia, passeio no shopping com as amigas, salão de beleza, baladas e tudo o mais. Linda loira e rica, a patricinha que queria ser médica, era assim que eu era zoada na facul. Uma bela tarde estava eu, Alice e Rita conversando bobagens quando tive uma visão no mínimo inusitada… Aquele moreno, alto, bonito e sensual que tinha dançado na minha festa, mal pude acreditar…

-Bruno? Gritei me aproximando dele.

-Maria de Fátima? Ele falou me olhando assustado.

-Eu mesma. Vc estuda aqui?

-Sim. Faço Medicina e vc?

-Eu também faço Medicina. Quanta coincidência hein?

-Nossa… verdade!!

Ficamos nos encarando por algum tempo até que Rita me chamou quebrando aquela situação esquisita. ..

-Fatinhaaaaa!!! Vamos? tá na hora.

-Fatinha? Ele perguntou debochado.

-Sim. É assim que meus amigos me chamam.

-Ah sim… gostei do apelido. Ele sorriu.

-Vou indo nessa Bruno. Até outro dia.

-Mas já? Fica um pouco… vamos conversar…

-Não vai dar mesmo. Tchau.

Me despedi e fui andando de encontro as meninas com o coração querendo sair pela boca. Bruno conseguia ficar ainda mais lindo vestido normalmente. Fiquei sem ar por algum tempo.

_______________________________________

Maria de Fátima estudando na mesma faculdade que eu. No mesmo curso que eu. Isso só pode ser o destino de brincadeira com a minha cara. E como ela estava linda, ainda mais linda. Como esquecê-la depois de hoje? O pior é que ela nem sequer se aproximou de mim, muito menos fez questão de conversar comigo. O que será que aconteceu com ela? Temos que nos ver de novo. Preciso ver Maria de Fátima de novo.

____________________________________________________________

Oiiiiiiii gentchy!!! Como vcs estão? Bruno e Fatinha voltaram. E agora? Olha aí a confusão… kkkkkkkk beijos 💋 💋 Comeeeeeeeeeeeeeentem!!!

filhadoamor
Você merece tanta felicidade, sabe? Merece ir dormir na tranquilidade e acordar com um sorriso porque está vivendo a melhor época da sua vida. Você merece pessoas verdadeiras, amigos mais próximos e gente desinteressada. Você merece leveza na alma e paz no espírito. Você merece tudo isso de verdade e rezo por você todas as noites, rezo para que tudo isso aconteça logo.
Cartas para Julieta. (via reconstruirei)